El Chaltén

Antes de falar sobre o Trekking para Laguna de Los Tres é importante falar um pouquinho sobre a incrível cidade de El Chalten, também conhecida como a capital do trekking na Argentina. Base para dezenas de trilhas ela surge ao longo da Ruta 23 e é um paraíso para montanhistas e aventureiros de todo o mundo.

O mais interessante é que a cidade fica literalmente dentro do Parque Nacional Los Glaciares e dali mesmo você consegue fazer diversas trilhas sem gastar absolutamente nada. (Bom para os mãos de vaca, como eu)

Mais informações estarão em nosso post “Roteiro de 4 dias em El Chalten” (Em breve).

Como chegar

– os dois caminhos possíveis –

 

Para começar o Trekking para a Laguna de Los Tres você possui duas opções:

Avenida San Martin

A opção mais simples é pegar o começo da trilha ao final da Avenida San Martin, onde acaba o perímetro urbano da cidade. Há estacionamento bem pertinho do começo da trilha e, confesso, que se estivéssemos de carro, teria valido a pena ir até ali com ele. No final do dia andar a Avenida de volta até o nosso Hostel foi um verdadeiro martírio!! As pernas não aguentavam mais e qualquer ajudinha ali no final teria sido bem vinda.

Pontos positivos:

  • Acesso mais fácil, pois fica na própria cidade.
  • Custo zero.

Pontos negativos:

  • Distância um pouco maior;
  • Subida mais íngreme.

Hosteria El Pilar

Algumas pessoas optam por pegar uma van até a Hospedaria El Pilar, que fica a uma meia hora de distância.

Pontos positivos:

  • Dizem ser uma subida mais tranquila;
  • Você pode fazer subida e descida por trilhas completamente diferentes.

Pontos negativos:

  • O começo da trilha costuma estar um pouco apagado, devido a pouca procura;
  • Desembolsar em torno de 200 pesos argentinos para a van.

Como estávamos com o dinheiro contado, decidimos subir pelo caminho normal mesmo. Aqui fica uma dica: se puder, tente ir pela Hospedaria. A subida é BRABA e qualquer metro a menos faz toda a diferença nessa andança de quase 25km.

A trilha

Indo direto ao ponto: EU ACHEI A TRILHA PESADA! Claro que isso varia de pessoa para pessoa, mas é importante já deixar destacado que não é mole. Me considero nível médio em experiência e preparo físico para trilhas e até consegui chegar com alguma tranquilidade. O problema é que nós decidimos fazer a trilha já bem tarde, então quando chegamos ao final, já estava praticamente na hora de voltar e aí não deu nem pra dar uma relaxada boa para o corpo se recuperar minimamente. Então, fica a dica: Vá bem cedo para poder fazer a caminhada com bastante calma.

Outros detalhes importantes:

  • trilha é muito bem sinalizada, portanto guia é completamente dispensável;
  • Fizemos ela em Março e a temperatura estava bem tranquila, em torno de 10º e uns lá em cima. Sem neve pelo caminho.
  • Existem alguns campings ao longo da trilha. Logisticamente falando, achei o Poincenot o melhor, pois dali você está relativamente perto da Laguna de Los Tres e ao mesmo tempo você corta um bom caminho para outros pontos importantes, como a Laguna Torre.

Sem mais delongas, vamos lá que eu tenho mais coisa pra te contar:

– O começo –

O primeiro trecho do Trekking para a Laguna de Los Tres é um pouco íngreme e você já começa a sofrer por antecedência, achando que vai ser daquele jeito até o final. Mas, calma! Até que não é tão ruim assim.

A primeira parada fica a cerca de meia hora do começo e se chama Mirador del Rio de Las Vueltas. 

Trekking para a Laguna de Los Tres Mochila e Etc

– paradinha pra uma respirada –

Uma hora depois você chegará à uma bifurcação: para a direita, você passa pelo Mirante Fitz Roy e para a esquerda você passa pela Laguna Capri. Ambos os caminhos te levam até a Laguna de Los Três, então aqui fica por sua conta. Sugiro que você suba direto para o Fitz Roy pela direita e na volta pare na Laguna Capri pra dar uma descansada.

Trekking para a Laguna de Los Tres Mochila e Etc

– Não é uma pintura –

próxima hora e meia é quase plana e é aqui que você tem que apertar o ritmo e preparar mente e coração para a pior parte. Muitas e muitas e muitas paisagens alucinantes pelo caminho!!!

Trekking para a Laguna de Los Tres Mochila e Etc

– Cada vez mais perto –

Após cerca de 3 horas, chega-se ao km final da trilha e é aqui que o bicho pega de verdade. Já de cara uma placa te avisa “Subida íngreme, só suba se você tiver condicionamento físico adequado…”. Vimos muitas senhoras desistindo nesse ponto, mas também vimos muitas outras e outros subindo aquilo lá como se fosse a escada da minha casa. Bateu uma invejinha e uma admiração de ser assim na idade deles. (Quem sabe?) Não chega a ser uma escalada ou escalaminhada, mas a subida é extremamente íngreme e cansativa. Daquelas que você levanta bem a perna pra chegar no próximo obstáculo natural. Minha namorada chorou, mas não fala que eu contei. A concentração era tanta que eu simplesmente esqueci de tirar foto para ilustrar. Mas fica o aviso: Guarde a sua energia e mente para esse último trecho!

Trekking para a Laguna de Los Tres Mochila e Etc

– quando chegar aqui, respire. Ainda falta aquele morrinho ali –

Eis, que após 4 horas de caminhada, chegamos ao nosso destino final. Muitas dores, muito sofrimento, muito frio, mas vale cada passada. Paisagem alucinante!!!

Trekking para a Laguna de Los Tres Mochila e Etc

– Nem tivemos coragem de descer –

Trekking para a Laguna de Los Tres Mochila e Etc

– Pequenos aventureiros –

Como começamos tarde, só pudemos ficar meia horinha e já tivemos que descer para pegar a trilha ainda de dia. Pra mim, a volta e a descida são sempre as piores partes. Os últimos 3 kms foram sacrificantes!!!

Passamos o dia seguinte inteiro na cama. Sorte que choveu! =)

Tem alguma dica ou dúvida sobre o Trekking para a Laguna de Los Tres?? Conta pra gente!

Mapa